Qual a importância da revisão tributária em tempos de crise?

Estamos vivenciando circunstâncias inimagináveis para a maioria dos empresários e empreendedores. Diante desta crise provocada pela pandemia do Novo Coronavírus, em que a geração de receita das empresas está amplamente prejudicada, como alavancar recebimentos? Entenda como a revisão tributária pode ser uma saída.

No momento de recessão de receita, como agora, cortar custos é o primeiro passo. Mas, quando isto não é mais possível, o questionamento comum à maioria dos gestores é: como alavancar recebimentos?

Fazer uma revisão tributária pode ser uma saída. Por meio deste processo, a empresa tem a possibilidade de receber de volta os valores de impostos pagos a mais nos últimos 5 anos, além de gerar uma economia para os próximos anos. Entenda a seguir como funciona.

Como funciona a revisão tributária?

A legislação tributária brasileira é alterada com frequência; por conta disso, sempre surgem novas regras e ajustes relacionados ao pagamento de tributos. Isso significa que as empresas que não estão atentas às constantes mudanças nas leis podem estar pagando impostos a mais.

O trabalho de revisão tributária é desenvolvido com o objetivo de garantir o cumprimento da legislação, focando na otimização das obrigações tributárias e visando o menor pagamento possível de impostos. Todo o processo é feito absolutamente dentro da legalidade.

Quais os benefícios da revisão tributária? 

Listamos abaixo alguns benefícios que a revisão tributária proporciona a empresários e gestores. Confira!

1. Redução de riscos

O primeiro e talvez um dos mais impactantes benefícios da revisão tributária é a possibilidade de identificação, mensuração e mitigação de riscos.

O recolhimento de tributos é um fator de extrema importância para os resultados da empresa, já que ele se relaciona diretamente com o planejamento financeiro do negócio. Desta forma, o recolhimento adequado dos impostos reduz riscos com futuros problemas com o Fisco, imposição de multas, tramitação de processos administrativos e até mesmo execuções fiscais.

2. Identificação de novos créditos

A identificação de novos créditos tributários é um dos resultados obtidos após uma revisão tributária. Por meio do estudo e mapeamento do negócio, relacionando-o com a legislação aplicável em vigor, é possível identificar a existência de eventuais novos créditos tributários e benefícios fiscais até então desconhecidos.

3. Melhoria nos processos de gestão

O processo de gestão envolve diversas estratégias e mecanismos que visam o bom desempenho do negócio. Neste sentido, a aplicação de uma revisão tributária regular garante a melhoria nos processos de gestão, pois traz à tona aspectos relacionados ao correto recolhimento de impostos e a redução dos gastos atrelados a eles.

4. Atuação preventiva

A revisão tributária também permite a identificação de pontos controversos na legislação e que podem ser tratados de forma preventiva, evitando o recolhimento de tributos desnecessários.

Um exemplo recente de alterações ocorridas nas regras de tributação aponta para uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, ocorrida em fevereiro de 2018, decisão que julgou ilegais as instruções normativas 247 e 404 da Receita Federal. Estas instruções normativas impactaram significativamente no recolhimento de tributos de muitas empresas. Assim, quem não fez uma revisão dos seus tributos após esta data pode estar jogando dinheiro fora.

5. Planejamento de preços

Muitos empresários não se dão conta disso, mas o Planejamento Tributário impacta diretamente no preço dos seus produtos e serviços. Desta forma, a revisão traz segurança e elementos que permitem um planejamento de preços mais concreto e baseado em informações reais sobre o negócio.

Isso explica porque o Planejamento Tributário gera impacto em todos os setores da empresa. Um bom estudo e análise da organização trazem uma melhora geral nas operações. Dessa forma, a empresa se beneficia não só com a redução do pagamento de tributos desnecessários, mas também com a possibilidade de garantir maior competitividade no mercado.

Muitos empresários não dão a devida importância à adoção de boas práticas de gestão tributária. Todavia, este comportamento deve mudar, sobretudo em nosso país, que conta com uma carga tributária extremamente alta e um sistema tributário muito complexo. Nesse sentido, uma gestão ineficiente pode resultar na inviabilidade do negócio.

Investir em uma revisão tributária é uma excelente estratégia para conhecer os riscos e oportunidades da empresa, além de garantir o cumprimento adequado da legislação. Aprofunde-se agora mesmo neste tema. Confira esse blogpost que trata dos principais aspectos do Planejamento Tributário, por exemplo, contabilidade, auditoria fiscal, redução de custos, elisão fiscal, análise de enquadramento tributário.

Compartilhe esse conteúdo