5 vantagens do planejamento tributário para franquias

O Planejamento Tributário para franquias ajuda o negócio a se enquadrar no regime tributário mais adequado, a garantir a elisão fiscal e oferece oportunidade de maior fôlego financeiro. Saiba mais.

O Brasil é conhecido pela complexidade das obrigações tributárias que impõe. Além de serem diversas, ainda é preciso levar em conta o elevado valor das alíquotas. Diante deste cenário, é extremamente importante que todo empreendedor se empenhe em gerir esse aspecto do seu negócio com cautela e de maneira profissionalizada.

O Planejamento Tributário consiste em realizar estudos e análises sobre o contexto tributário da empresa. O objetivo é identificar oportunidades, dentro da legalidade, que permitam o alcance da elisão fiscal. Ou seja, reduzir a carga tributária paga pela empresa agindo de acordo com a lei. O Planejamento Tributário para franquias segue a mesma lógica e precisa contar com algumas etapas. 

Conheça a seguir algumas vantagens de profissionalizar o Planejamento Tributário para franquias. Entenda como um trabalho bem realizado impacta diretamente na saúde financeira, sustentabilidade lucratividade e competitividade de uma franquia. 

1. Garante o enquadramento tributário ideal

O Planejamento tributário para franquias precisa ser feito com base em um estudo que analise a conjuntura geral do negócio. Um grande erro cometido pelas empresas é tentar definir seu regime tributário de forma superficial e genérica. Ou seja, sem levar em conta as características individuais do negócio. Analisar impostos isoladamente não permite entender a relação deles com a receita bruta. Por isso o ideal é contar com profissionais especializados na contabilidade de franquias.

2. Evita o pagamento majorado de impostos

É muito comum que os empresários não tenham o conhecimento necessário sobre como pagar corretamente seus impostos. Além da grande complexidade tributária existente no Brasil, há, ainda, mudanças constantes na forma de recolher corretamente os tributos.

Essa desinformação e falta de acompanhamento do cumprimento das obrigações tributárias (aliadas às constantes mudanças) gera problemas que pesam e tornam as atividades da franquia mais onerosas. É comum que impostos sejam recolhidos de forma majorada ou até mesmo sem a real necessidade de pagá-lo.

O Planejamento Tributário para franquias é uma ótima alternativa de redução de despesas empresariais. As boas práticas que podem ser aplicadas com base nele se encontram dentro da legalidade e conferem mais saúde financeira aos negócios. Tudo isso sem precisa prejudicar a qualidade do serviço prestado reduzindo gastos em outros setores.

3. Possibilita a elisão fiscal

Atualmente, se fala muito em buscar maneiras de reduzir os impostos pagos pelas empresas. O ato de realizar essa tarefa sem descumprir nenhuma lei é a chamado elisão fiscal. Para realizar esse processo estritamente necessários ter: 

  • organização; 
  • análise;
  • planejamento. 

Nesse processo, é necessário ter em mente que, ao pensar em ações de elisão fiscal, antes mesmo da economia, sua principal premissa deve ser legalidade. Usando da estratégia correta, as empresas conseguem aumentar os lucros e continuar prosperando. 

Para alcançar a elisão fiscal, o Planejamento tributário para franquias precisa envolver análises com diferentes óticas para cumprir seu propósito. Ou seja, todas as características da empresa devem ser levadas em consideração. 

As ações com foco em elisão fiscal podem ser pensadas, por exemplo, a partir do que é fornecido diretamente pela lei. Ou seja, quando o Governo oferece incentivos fiscais, exatamente com o objetivo de conceder mais competitividade às empresas. Porém, outra forma de concretizá-las é encontrando oportunidades menos explícitas na lei. Por exemplo, alterando seu regime tributário.

4. Difere o pagamento de determinados impostos

Com o planejamento tributário para franquias, além de evitar o pagamento de impostos desnecessários ou a maior, em alguns casos, também é possível a diferi-los. Adiar o pagamento de taxas que não podem ser alteradas é uma forma de manter um bom fluxo de caixa e ter controle sobre o melhor momento para quitá-las. A empresa pode, primeiro, receber o retorno financeiro das vendas para, só depois, pagar os impostos com mais tranquilidade. 

Se trata de uma estratégia que exige muito planejamento e que pode ser útil nos momentos em que a franquia possui um baixo valor de capital de giro.

5. Profissionaliza a gestão do aspecto tributário

A Bicalho tem grande expertise com o planejamento tributário de franquias. Auxilia empresários tanto na escolha do melhor regime tributário, quanto na correta classificação dos itens comercializados, diminuindo muito o valor dos impostos pagos. Possuímos vasta experiência no assunto e já assessoramos centenas de empresas a fazer o correto Planejamento Tributário para franquias e para diversas empresas. 

Em casos nos quais os tributos estejam sendo pagos a maior, ou sem necessidade, conseguimos o reembolso desses valores dos últimos 5 anos para o empresário, além de abaixar o valor dos impostos pagos dali para frente.

Saiba mais sobre os nossos serviços de recuperação tributária!

Compartilhe esse conteúdo