Cresce o número de brasileiros empreendedores nos EUA

Tempo de leitura: 2 minutos

Cresce o número de brasileiros empreendedores nos EUA. Entenda o porquê.

Os números sobre os brasileiros que vivem nos Estados Unidos são controvertidos. Segundo o United States Census Bureau em 2012 havia 371.529 brasileiros vivendo nos Estados Unidos da América. Contudo, a estimativa do Itamaraty é bem diferente, segundo o governo brasileiro são mais de 1 milhão de brasileiros vivendo nos Estados Unidos, sendo mais de 300 mil apenas no estado da Flórida.

Apesar das estimativas emigratórias brasileiras serem bem desencontradas, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) indica que em 2014 cerca de 3,1 milhões de brasileiros viviam no exterior, sendo 1,3 milhão nos Estados Unidos, o que representa mais de 40% dos brasileiros que moram no exterior. Portanto, tal fenômeno não pode de forma alguma ser desprezado.

Os motivos que justificam a emigração são diversos, cada um tem a sua motivação pessoal. Mas é inegável a sua relação direta com o momento econômico que o Brasil atravessa. Nos períodos de crise econômica a emigração sempre aumenta. São vários destinos que atraem brasileiros, mas inquestionavelmente os Estados Unidos são o principal destino. Ao contrário de outros grupos, os imigrantes brasileiros nos Estados Unidos não estão fugindo de condições de pobreza absoluta ou de guerras civis. Isso nos leva à conclusão que, de modo geral, as pessoas que tomam essa decisão buscando por melhores condições de vida.

Os perfis são os mais variados possíveis e vão desde os brasileiros sem oportunidades de prosperar em sua terra natal, passando por profissionais liberais, empresários, estudantes universitários, desportistas até chegar à famílias abastadas que desejam apenas morar em um país com melhores condições de segurança, sem se preocupar em desenvolver qualquer atividade econômica em solo americano.

Em pesquisa realizada pela Synovate Brasil em 2008 as respostas de destaque foram as abaixo:

– 48% “busca por melhor condição de vida”;

– 20% “busca por um salário maior”;

– 8% “busca por um emprego melhor”;

– 7% “foi como turista e resolveu ficar”;

– 5% “ficar junto da família”;

– 1% “para a educação dos filhos”.

Segundo dados recentes do consulado americano em São Paulo, o investimento brasileiro nos Estados Unidos aumentou 89% nos últimos cinco anos – e a tendência é que os aportes continuem a crescer. O perfil do brasileiro que vai morar nos EUA mudou muito, atualmente uma fatia muito expressiva dos que vão embora do Brasil desejam empreender e gerar negócios em território norte americano.

“É fundamental para qualquer governo fomentar a produtividade econômica – e uma parte importante de tal fomento é atrair investimentos internacionais, sejam eles simplesmente capital ou boas ideias de negócio”, afirma Ricardo Zuniga, cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, em entrevista para EXAME.com na Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham).

Curioso ressaltar, conforme informado em reportagem da Folha de São Paulo em 07/07/2017, que atualmente a comunidade brasileira é mais qualificada e integrada que as demais comunidades imigrantes.

Além de todas as vantagens conhecidas pelas pessoas que desejam morar nos EUA o ambiente favorável ao desenvolvimento de novos negócios é fator determinante, com legislação estável, clara e favorável ao empreendedorismo.

Quer empreender nos Estados Unidos? Entre em contato conosco e saiba como.

Compartilhe esse conteúdo