bicalho_eua
Bicalho EUA

Sua empresa está preparada para pagar menos impostos?

Tempo de leitura: 2 minutos

É de conhecimento de gestores e empresários que, ao precificar produtos e serviços, é imprescindível considerar a tributação. Os gastos com tributos interferem diretamente na composição de custos e, consequentemente, no preço final.

Encontrar o melhor enquadramento tributário pode fazer uma grande diferença. Pagando menos impostos, é possível melhorar os preços, o que gera vantagem competitiva. Em alguns segmentos e, principalmente, em processos licitatórios, isso é decisivo.

 

Mas como fazer para pagar menos impostos e agir dentro da lei?

Estamos vinculados a um sistema complexo e burocrático, que gera um conjunto enorme de obrigações acessórias para as empresas. Esse sistema visa encontrar falhas na gestão dos cálculos e processos tributários. Sendo assim, as decisões tributárias tomadas sem a orientação de especialistas acabam não conseguindo dimensionar a diferença entre elisão e evasão fiscal, ficando assim vulneráveis à ação do fisco.

O Planejamento Tributário pode trazer para as organizações a segurança de estar agindo dentro da lei, bem como a tranquilidade de estar otimizando gastos com tributos. Por meio dessa ferramenta, é possível encontrar o melhor enquadramento tributário para os seus negócios. Entretanto, ao fazer o planejamento, é necessário avaliar a capacidade interna das empresas de gerenciar seus Ativos e Passivos, usando sistemas de informações eficientes, associados a um capital humano intelectual capaz de absorver as informações e organizá-las de forma clara e objetiva, por meio das Obrigações Acessórias e Demonstrações Contábeis obrigatórias aos órgãos de fiscalização.

As organizações precisam entender que é preciso adequar a gestão interna antes de aderir a um Regime Tributário ou um benefício fiscal, pois a aparente economia pleiteada no Planejamento Tributário torna-se um problema quando associada à incapacidade gerencial, principalmente no setor de controladoria contábil.

 

A importância da gestão no Planejamento Tributário e Obrigações Acessórias

É possível utilizar o Planejamento Tributário como forma de pagar menos impostos, agindo dentro da lei. Mas o Planejamento Tributário e as Obrigações Acessórias estão vinculados ao potencial das empresas em gerenciar seus recursos em todos os níveis. Dentro da hierarquia organizacional, cada setor e seus órgãos de Staff precisam se alinhar ao objetivo de administrar com eficácia a gestão dos tributos.

Felipe Pedroso

Gerente Geral Contábil – Bicalho

Compartilhe esse conteúdo