Consultoria para franquias: como funciona?

Tempo de leitura: 4 minutos

Quer formatar sua empresa como franquia? A consultoria para franquias é indispensável para preparar o seu negócio para o franchising e oferecer oportunidades atrativas a potenciais franqueados. Saiba mais sobre as etapas do processo.

Para quem já possui um negócio próprio consolidado no mercado, o franchising é uma das opções de expansão empresarial mais seguras. Permite que o negócio acesse novos mercados com o mínimo de risco, já que o investimento financeiro, a gestão e os principais aspectos das novas unidades ficam sob responsabilidade do franqueado. Entretanto, transformar sua empresa em franquia também engloba enfrentar alguns desafios e consultoria para franquias é um serviço pensado para ajudar você a superá-los de forma mais eficiente.

A consultoria para franquias é um serviço personalizado e completo que cobre todas as demandas necessárias para consolidar a expansão dos negócios por meio do franchising. Envolve aspectos administrativos, jurídicos e até mesmo operacionais. Entenda a seguir. 

O que é a consultoria para franquias?

O franchising é um formato de negócio que possui características e demandas específicas. Para quem pretende formatar sua empresa em franquia, são muitos os passos necessários antes de realmente iniciar o processo de desenvolvimento de franqueados. A consultoria para franquias cobre todas essas demandas, direcionando as ações a serem tomadas a fim de formatar o negócio como franquia.

A consultoria para franquias ajuda a avaliar o potencial de franqueabilidade do negócio, bem como oferece apoio nas adequações necessárias para a sistematização dos processos. Algumas das principais etapas são a padronização dos processos e consolidação da estratégia de transmissão do conhecimento sobre o negócio para os franqueados. 

A consultoria para franquias também engloba aspectos jurídicos. O consultor especializado em franchising tem o conhecimento necessário para ajudar na elaboração de contratos e demais documentos necessários para a abertura de unidades franqueadas com a proteção e segurança de instrumentos jurídicos.

Como funciona a consultoria para franquias?

As etapas abordadas na consultoria para franquias podem variar de acordo com a empresa que a oferece. Alguns dos principais estão listados a seguir:

1. Análise de franqueabilidade

A análise de franqueabilidade é o estudo que analisa e determina se o negócio tem potencial para ser replicado como franquia. Ou seja, verifica se, com as características atuais, outras unidades podem ser operadas. É também nessa etapa que o consultor vai apontar ajustes que possam ser feitos para que o negócio se torne ideal para ser franqueado. 

2. Estruturação societária e tributária

Como a formatação de franquia consiste em uma expansão, é indispensável que haja uma análise do quadro societário da empresa. Além disso, é preciso customizar o Planejamento Tributário para franquias para que ele se torne adequado à nova configuração do negócio. Existem diversos mecanismos legais que permitem a elisão fiscal. É extremamente vantajoso lançar mão desses recursos e garantir que a menor carga tributária possível seja incidente nos negócios após essa expansão.

3. Confecção dos contratos, COF e outros documentos

Nessa fase da consultoria para franquias, o consultor auxilia na confecção dos contratos e demais documentos importantes para o fechamento e manutenção de negócio com os franqueados. Um dos mais importantes é a COF (Circular de Oferta de Franquia), documento que é entregue a potenciais franqueadores interessados em fazer investimento em uma franquia. Informa os detalhes da operação e as responsabilidades de cada uma das partes envolvidas. Já o contrato de franquia é o que, de fato, formaliza o compromisso do franqueado com o franqueador.

4. Sistematização dos processos para os franqueados

A consultoria para franquias ajuda o franqueador a compreender também como deve funcionar a dinâmica entre a matriz e os franqueados. A Nova Lei de Franquias, que entrou em vigor em março de 2020, esclarece que as unidades franqueadas são negócios independentes da matriz. Apesar de estarem sujeitas às diretrizes do franqueador, possuem autonomia. Mais do que explicitar esse aspecto da relação entre ambos os negócios no contrato, é indispensável que essa dinâmica ocorra na prática para que não haja desvirtuação do contrato de franquia.

Com isso em mente, a consultoria ajuda na formatação do negócios em franquia, sistematizando os processos a serem transmitidos aos franqueados. Serão desenvolvidos manuais que servirão como a principal ferramenta de transmissão de know how a esses investidores. Por meio das diretrizes estabelecidas, o franqueador consegue garantir que os padrões sejam seguidos pelos franqueados e eles por sua vez, conseguem atuar com autonomia, como explicitado na lei.

Como escolher uma empresa de consultoria para franquias? 

Um dos principais fatores para a escolha de uma empresa de consultoria para franquias é o tempo de mercado. Empresas consolidadas e experientes certamente possuem um know how sobre o setor de franchising bem mais extenso. 

Analise também o quanto a empresa de consultoria veio se atualizando e se adequando às novas demandas e tendências de mercado. Indícios de que a empresa é adepta à Transformação Digital, por exemplo, contam como pontos positivos.

Outro bom parâmetro para escolher uma consultoria é averiguar se a empresa é associada à ABF (Associação Brasileira de Franchising), entidade com grande prestígio no mercado que fomenta o desenvolvimento do sistema de franquias no Brasil. Para ser associada à ABF, a empresa precisa cumprir os requisitos da entidade. Portanto, o título de associado é um dos maiores respaldos que uma empresa do setor de franchising pode apresentar.

A Bicalho é associada à ABF e tem ampla experiência em consultoria para franquias. Saiba mais sobre nossos serviços para franqueadores.

Agora que está claro quais são as principais etapas da consultoria para franquias, você pode estabelecer outros aspectos do seu plano de expansão de negócios. Ao formatar sua empresa como franquia, você tem a possibilidade de inserir sua marca em novos mercados, inclusive internacionais. Que tal se informar mais sobre a internacionalização de franquias?

Confira este artigo com 4 importantes passos antes de internacionalizar sua franquia.

Compartilhe esse conteúdo